Prémio Literário Edição 2021

PRÉMIO LITERÁRIO 2021

PRÉMIO LITERÁRIO FUNDAÇÃO EÇA DE QUEIROZ / FUNDAÇÃO MILLENNIUM BCP ATRIBUÍDO A FREDERICO PEDREIRA

O escritor Frederico Pedreira é o vencedor do Prémio Literário Fundação Eça de Queiroz / Fundação Millennium bcp 2021 com o romance A Lição do Sonâmbulo. O júri, constituído por Bruno Vieira Amaral, Isabel Lucas, Luísa Mellid-Franco, Manuel Pereira Cardoso e Maria Helena Santana decidiu por unanimidade contemplar o romance, frisando que se trata de «uma narrativa original de tipo autobiográfico que tira sentido existencial do quotidiano familiar burguês». Entre os finalistas encontravam-se Ana Bárbara Pedrosa, Mafalda Damas Revés, Paulo Rodrigues Ferreira e Amadú Dafé. Na edição anterior (2019), foi contemplada a obra Luanda Lisboa Paraíso, de Djaimilia Pereira de Almeida.

O prémio, no valor de 10.000€, contempla bienalmente uma obra ficcional (romance ou novela) de autor português com idade não superior a 40 anos, e visa promover e incentivar a produção de obras literárias em língua portuguesa, bem como homenagear Eça de Queiroz, um dos maiores vultos nacionais e internacionais da literatura e cultura portuguesas.

A entrega do prémio terá lugar no dia 2 de Outubro na sede da Fundação Eça de Queiroz, em Tormes, na casa que inspirou o autor de A Cidade e as Serras.

DECLARAÇÃO COMPLETA DO JÚRI

«A Lição do Sonâmbulo, de Frederico Pedreira, é uma narrativa original de tipo autobiográfico que tira sentido existencial do quotidiano familiar burguês. Há, por parte do sujeito que narra, um trabalho de reconstituição de si mesmo e de uma época a partir do lugar central da casa, gerando no leitor empatia imediata que progressivamente se complexifica, afastando-se de uma exploração meramente sentimental. Mais do que uma escavação arqueológica da infância e de um tempo, a rememoração funciona aqui como um dispositivo literário que tudo submete ao poder evocativo da linguagem e do minucioso sentido de observação do narrador. Graças à cadência declaradamente proustiana do texto, hipnótica e magnética, a fidelidade a uma hipotética realidade perde, assim, relevância. Dotado de uma grande elasticidade e amplitude, o autor integra influências literárias, indo muito longe em cada etapa, mas regressando sempre, de forma orgânica, ao ponto de partida, revelando um domínio absoluto da matéria narrativa.» Lisboa, 27 de Agosto de 2021, o Júri do Prémio Literário Fundação Eça de Queiroz/Fundação Millennium bcp.

SOBRE O VENCEDOR

Frederico Pedreira nasceu em 1983. Publicou vários livros de prosa e de poesia, entre os quais Doze Passos Atrás, Presa Comum, Fazer de Morto, A Noite Inteira, A Lição do Sonâmbulo, e o livro de ensaios Uma Aproximação à Estranheza. Traduziu livros de poesia de W. B. Yeats e Louise Glück, ensaios de G. K. Chesterton e George Orwell, e romances de Dickens, Swift, Wells, Hardy e Banville, entre outros. Colaborou na secção de cultura de alguns periódicos nacionais. Doutorou-se no Programa em Teoria da Literatura da Faculdade de Letras da Universidade de Lisboa. Em 2016, venceu o Prémio INCM/Vasco Graça Moura na categoria de Ensaio, e em 2021 o Prémio de Literatura da União Europeia por A Lição do Sonâmbulo.

FEQ - FMB

Os vários constrangimentos da crise pandémica que atravessamos puseram em causa a própria continuação do Prémio, e apenas foi possível mantê-lo dentro dos mesmos moldes e prazos graças à intervenção da Fundação Millennium bcp, que passa a ser mecenas e parceiro privilegiado desta iniciativa.

Mais informações: premio@feq.pt

Send this to a friend