Prémio FEQ Edição 2019

PRÉMIO FEQ EDIÇÃO 2019

PRÉMIO LITERÁRIO FUNDAÇÃO EÇA DE QUEIROZ ATRIBUÍDO A DJAIMILIA PEREIRA DE ALMEIDA 

A escritora Djaimilia Pereira de Almeida é a vencedora do Prémio Literário Fundação Eça de Queiroz de 2019 com a obra Luanda Lisboa Paraíso. O júri, constituído por Bruno Vieira Amaral, Isabel Lucas, Luísa Mellid-Franco, Manuel Pereira Cardoso e Maria Helena Santana, reunido esta terça-feira em Lisboa, decidiu por unanimidade contemplar o romance por este desenhar «a solidão das personagens de forma magistral, numa contenção poética em que se estabelece o equilíbrio entre a esperança e o desespero». Entre os finalistas encontravam-se David Machado, Hugo Mezena, Kalaf Epalanga e Maria Isaac.

O galardão, no valor de 10.000 euros, foi instituído em 2014 pela Fundação Eça de Queiroz em colaboração com a Câmara Municipal de Baião a fim de promover e incentivar a produção de obras literárias em língua portuguesa, bem como homenagear Eça de Queiroz, um dos maiores vultos nacionais e internacionais da literatura e cultura portuguesas. Nas edições anteriores contemplou narrativas ficcionais inéditas e obras de carácter ensaístico já publicadas. A partir desta edição, passa a distinguir bienalmente uma obra ficcional (romance ou novela) escrita em língua portuguesa e publicada em Portugal por autor nacional com idade não superior a 40 anos à data da publicação.

A entrega do prémio terá lugar no dia 14 de Setembro na sede da Fundação Eça de Queiroz, em Tormes, na casa que inspirou o autor de A Cidade e as Serras.

_____________________________________________________________

DECLARAÇÃO COMPLETA DO JÚRI

«Luanda Lisboa Paraíso é a história de Cartola e Aquiles, pai e filho, chegados a Portugal de Angola para uma operação ao calcanhar. A obra desenha a solidão das personagens de forma magistral, numa contenção poética em que se estabelece o equilíbrio entre a esperança e o desespero. Através de um pathos irónico e trabalho aturado da linguagem, a autora resiste sempre ao óbvio e domina a narrativa do princípio ao fim.» Lisboa, 27 de Agosto de 2019, o Júri do Prémio Literário Fundação Eça de Queiroz

SOBRE A VENCEDORA

Djaimilia Pereira de Almeida (1982) é autora de Esse Cabelo (Teorema, 2015), Ajudar a Cair (FFMS, 2017) e Luanda Lisboa Paraíso (Companhia das Letras, 2018). Publicou em Granta, Revista Serrote, Commom Knowledge, Quatro cinco um, Words Without Borders e Revista Zum, entre outras. Em 2018, ganhou o Prémio Fundação Inês de Castro. Nascida em Angola, vive nos subúrbios de Lisboa e escreve no blogue da Companhia das Letras.

SOBRE A FUNDAÇÃO EÇA DE QUEIROZ

Fonte de inspiração para o romance A Cidade e as Serras, a Casa de Tormes, hoje sede da Fundação Eça de Queiroz, possui uma forte componente museológica, preservando o espólio do escritor e mantendo vivo o cenário que Eça conheceu e deu a conhecer através desta sua última obra. A actividade da Fundação Eça de Queiroz centra-se nas componentes Cultural, Educativa, Agrícola e Turística, constituindo-se como uma entidade dinamizadora da freguesia de Santa Cruz do Douro e do Concelho de Baião. Tormes é um lugar mítico, designação literária que Eça de Queiroz deu a esta casa e quinta (herdadas com o nome de Quinta de Vila Nova) e pelas quais se apaixonou.

Lista de finalistas do prémio Fundação Eça de Queiroz – edição 2019

A Fundação Eça de Queiroz divulga os cinco finalistas do Prémio Literário Fundação Eça de Queiroz, que contempla uma obra ficcional (romance ou novela) de autor português com idade não superior a 40 anos publicada entre 2017 e 2018. Instituído em parceria com a Câmara Municipal de Baião, o Prémio, no valor de 10.000€, visa promover e incentivar a produção de obras literárias em língua portuguesa, bem como homenagear Eça de Queiroz, um dos maiores vultos nacionais e internacionais da literatura e cultura portuguesas. Do Júri fazem parte Bruno Vieira Amaral, Isabel Lucas, Luísa Mellid-Franco, Manuel Pereira Cardoso e Maria Helena Santana, e da Comissão de Selecção Ana Bárbara Pedrosa, Carlos Bobone e Diogo Fernandes. O Júri reunirá no próximo dia 27 de Agosto, sendo a obra vencedora divulgada pouco depois.

Lista de finalistas do Prémio Literário Fundação Eça de Queiroz 2019

Debaixo da Pele, David Machado

Gente Séria, Hugo Mezena

Luanda Lisboa Paraíso, Djaimilia Pereira de Almeida

Onde Cantam os Grilos, Maria Isaac

Também os Brancos Sabem Dançar, Kalaf Epalanga

 

Reveja aqui o regulamento: Regulamento (versão pdf) 

 

Mais informações: premio@feq.pt

Likes(0)Dislikes(0)