Notícias

Eça de Queiroz: Cônsul em Newcastle-on-Tyne

Em Newcastle, Eça de Queiroz ocupará o seu segundo posto consular, chegando  em dezembro de 1874 e aí permanecendo até 1879.

Será em Newcastle que Eça de Queiroz dará início àquele que é considerado o período mais produtivo da sua carreira literária e durante o qual surgem O Crime do Padre Amaro, O Primo Basílio, A Tragédia da Rua das Flores, A Capital! e Crónicas de Inglaterra.

Para este facto muito terá contribuído o clima húmido do Norte de Inglaterra, a negrura do carvão visível na cidade, assim como o constante spleen, como dirá em carta a Ramalho Ortigão apenas um mês após a sua chegada (1.02.1975):

«Imagine V. uma cidade de tijolo negro, meio afogada em lama, com uma espessa atmosfera de fumo, penetrada de um frio húmido, habitada por 150 000 operários descontentes, mal pagos e azedados e por 50 000 patrões lúgubres e horrivelmente ricos – eis Newcastle-on-Tyne. On Tyne – este rabinho que tem o nome da cidade, dá-lhe um ar ridículo que me consola!»

Likes(0)Dislikes(0)