Contactos

Telefone +351 254 882 120
E-mail info@feq.pt
Morada a utilizar em GPS

Caminho Particular de Tormes
Quinta de Tormes – Baião
4640-424 Santa Cruz do Douro
Coordenadas GPS: N 41º 07’ 33’’ | W 08º 0’ 14’’

Envie-nos uma mensagem!

Actividades

Eça na rota do Modernismo Brasileiro

SEMINÁRIO QUEIROSIANO 2013


Project Description

Eça de Queiroz no contexto da História dos media

CURSO INTERNACIONAL DE VERÃO

PROGRAMA

15 a 19 de julho de 2013
09.30h – 11.00h: 1ª sessão de trabalho
Intervalo para café
11.30h – 13.00h: 2ª sessão de trabalho
Intervalo para almoço
14.30h – 17.00h: 3ª sessão de trabalho
Dia 17 de julho
Visita Guiada à Casa de Tormes

Objectivos

1) uma leitura da obra queirosiana no contexto sociocultural dos media (jornal, teatro, ópera, meios de comunicação), tendo em conta a sua génese, a reflexão de Eça sobre os media (leitura, fotografia, imprensa, telecomunicação, agências de notícias) e sobre a sua própria escrita literária no contexto dos media;
2) uma reflexão sobre a história da receção produtiva da obra queirosiana na sua dimensão transmedial (caricatura, filme, telenovela, etc.), tocando questões da internacionalização bem como da canonização no contexto escolar.

Os romances Os Maias e O Conde d’Abranhos serão objetos de análise (recomenda-se uma leitura prévia). Conforme as abordagens dos docentes, entrarão outros romances e, sobretudo, textos escritos para a imprensa portuguesa e brasileira.

Coordenação Científica

Prof. Orlando Grossegesse
(CEHUM / ILCH – Universidade do Minho)

Orlando Grossegesse
cursou Filologias Românicas e Comunicação Social na Universidade de Munique: após o Magister Artium (M.A.) em 1986, doutorou-se em 1989 com uma tese sobre a relação entre conversação e discurso literário na obra queirosiana, publicada sob o título Konversation und Roman. Studien zum Romanwerk von Eça de Queiroz (Stuttgart: Franz Steiner 1991). Desde 1990 é docente da Universidade do Minho, a partir de 2004 como Professor Associado, nas áreas de Literatura e Cultura Alemãs e Comparadas, Tradução e Comunicação Multilingue. Estudos no âmbito das Filologias Alemã, Portuguesa, Espanhola e Comparada, com mais de 80 artigos em revistas e atas de congressos e colóquios. Publicação em livro mais relevante, para além da tese de doutoramento: Saramago lesen. Werk – Leben – Bibliographie (Berlin: edition tranvía 1998; 2ª ed. ampliada e atualizada 2009). Atas de colóquios e congressos (organizadas ou co-organizadas), entre outras: «O estado do nosso futuro». Brasil e Portugal entre identidade e globalização (Berlin: edition tranvía 2004) e, recentemente, com Henry Thorau, À procura da Lisboa africana, Braga: CEHUM 2009 (Col. Hespérides 24). Membro do Conselho Cultural da Fundação Eça de Queiroz (FEQ); org. de duas edições da Queirosiana (15-17; 18-20), dedicadas à receção e tradução da obra queirosiana.

Professores Convidados

Mariagrazia Russo
nasceu em Roma onde estudou na Universidade “La Sapienza”. Doutorada e Pós-doutorada em Filologia Românica e Investigação Textual, conseguiu o D.E.A. na Sorbonne e é atualmente professora associada com agregação no Departamento de Ciências Humanas na Università della Tuscia de Viterbo. Autora de várias obras na área da história da cultura, da literatura e da linguística, dedica-se à tradução desde o ponto de vista teórico e prático. Numerosos os estudos de arquivos e fundos de bibliotecas com documentos inéditos que dizem respeito a Diogo do Couto, João de Barros, Padre António Vieira e à Embaixada portuguesa à China de Alexandre Metelo. Publicou, entre outras coisas, em colaboração com Lucio Sessa, a tradução para o italiano de O conde de Abranhos. Traduziu também romances brasileiros (Carlos Herculano Lopes) e cabo-verdianos (Germano Almeida). Escreveu ensaios sobre vários temas de cultura lusitana, desde as cantigas da Idade Média até à literatura moderna e contemporânea, pondo particular atenção as relações entre Portugal, Itália e o mundo lusófono. É também diretora da Coleção Lusitana da casa editora Sette Città de Viterbo.

Giorgio de Marchis
Professor de Literatura portuguesa e brasileira na Università Roma Tre. Obteve um doutoramento em Iberística na Universidade de Bolonha com a tese Il romanzo d’appendice in Portogallo negli anni dell’Ultimatum e della Repubblica (1890-1910). Tem um especial interesse no estudo da literatura popular oitocentista e, neste âmbito, publicou vários artigos em revistas científicas italianas e estrangeiras e uma monografia destacando-se “O mistério da estrada de Sintra”: l’uso e il rifiuto di una ricetta narrativa (2002), «In questo paese sono tutti divoratori d’uomini»: il Brasile avventuroso di Salgari e Verne (2007), « E… Quem é o autor desse crime? Il romanzo d’appendice in Portogallo (2009), Caramuru na Europa (2010), Como irmãos devem ser para sempre Portugal e Brasil.» Una novela popular en el IV centenario del descubrimiento del Brasil (2011), La cugina. Um romance diabólico de Eça de Queirós? (2011)

  13 a 19 de Julho 2013

Número limitado de inscrições
Amigos de Tormes: Desconto 10%
Diploma no final do Curso

NOTA: A participação no curso de verão / seminário queirosiano, confere aos professores dos 2º e 3º ciclos do ensino básico e do secundário 1 crédito, no código 91303

BOLSAS DE ESTUDO
Normas de Candidatura

NACIONAIS | ESTRANGEIROS

Likes(0)Dislikes(0)